Estes cenários são apenas dois exemplos das respostas que recebemos quando perguntamos aos Olim apenas "Como você está?". Por que a realização do sonho da Aliá pode causar essa infinidade de reações?

 

Nós, obviamente, acreditamos no ideal da Aliá, que Israel é a pátria do povo judeu. Ao mesmo tempo, queremos que nossos Olim concretizem esse ideal com os olhos bem abertos, e isso significa estar plenamente consciente da enorme complexidade de Aliá.
 

Pense sobre as pessoas mais importantes na sua vida - seus pais, seus filhos. Agora pense sobre os sentimentos que essas relações evocam em você - provavelmente você vai ser sentir uma cascata de emoções, do amor à raiva. Por que será? Porque quanto mais profundido nosso apego a alguém, mais complexas se tornam nossas reações em relação a essa pessoa.
 

Quando você faz Aliá, começa um relacionamento com uma Entidade maravilhosa, incrível -a Terra de Israel. Você conhece esta terra, você sabe que ela é feita para você, e você está empenhado em construir a sua vida nela. Essa é a base da decisão da Aliá.

Mas como em qualquer relacionamento, sempre haverá dias em que Israel fará seu coração disparar e dias em que você não quer nem ver Israel de longe. Isso quer dizer que este relacionamento não é para você? Lógico que não, assim como uma discussão entre o casal não significa que ele está indo para o divórcio.
 

 

Há algo de errado com você, se você estiver passando por uma montanha-russa de emoções? Lógico que não! Isso apenas significa que, ao decidir fazer Aliá, você desenvolve uma relação que vai lhe trazer toda a alegria, crescimento e complexidade dos outros relacionamentos em sua vida.
 

Reconhecer e aceitar isso irá ajudar muito no sentido de assegurar que o seu relacionamento com Israel seja longo e maravilhoso.

Expectativas realistas

 Todo mundo me avisou que os primeiros seis meses após a Aliá seriam horríveis – que eu ficaria triste e com saudades da minha antiga comunidade,da família e dos amigos, e que teria que lidar com os israelenses"indelicados". Mas agora que estou aqui, sinto-me completamente em paz, como se eu tivesse finalmente voltado para casa. Há algo de errado comigo?
 

Ha anos eu sonhava em fazer Aliá – desde o momento em que eu vim a Israel pela primeira vez, ainda criança, eu sabia que esse era meu lugar. Então, por que eu passei minhas primeiras duas semanas de Olê chorando pelos amigos e familiares que eu deixei para trás?

Tudo Sobre a Realidade da Aliá ou Expectativas Realistas

"