Fazer Aliá é uma questão complicada e emocional.  Uma questão repleta de desafios desde o desenraizar de uma família, integrar a uma nova sociedade até fazer novos amigos. A Aliá de Olim “Maduros”, aproximadamente entre as idades 50-65, traz preocupações específicas que são importantes serem tomadas em conta.

em conta.

Características Comuns:  Mesmo que todo Ole seja único e as circunstâncias diferentes, há características comuns para esta faixa etária. Normalmente, todos ou a maior parte dos filhos já estão crescidos e as despesas com educação são altas. Nesta fase da vida temos acumulado uma vasta experiência profissional que na teoria os empregadores deveriam valorizá-la. Felizmente, a maior parte desta população encontra-se com saúde e está disposta a trabalhar e talvez ainda devam trabalhar. Grande parte acumulou algum ativo financeiro, geralmente uma moradia. É importante ressaltar que este grupo deve estar motivado, a ponto de querer fazer uma mudança grande na vida: a mudança de país. Um grande desejo e realizável de vir para Israel para contribuir para o crescimento da Nação Judaica. Além disso, estar preparado para assumir uma mudança de país e cultura, um desejo que muitas vezes encontra em uma etapa da vida em que se sente pronto para uma mudança de emprego ou na carreira.

O que passa em nossa cabeça: é preciso perceber para o que um Ole nesta idade questiona: “Consigo viver nesta idade em Israel?”, “Onde estão e onde estarão vivendo meus filhos e netos?” e “Aonde vou exatamente começar neste próximo estágio da minha vida”? Três das preocupações mais comum para todo Ole são:

 

  • Superar as barreiras da língua

  • Encontrar habitação a preço acessível

  • Ser financialmente viável manter os bens no país de origem e se estarão disponíveis e se as prospectivas profissionais em Israel são incertas em uma cultura orientada aos jovens em Israel.

 

De uma perspectiva social, o Ole deste grupo está preocupado em encontrar em um lugar onde ele se encaixa, encontrar seu grupo, talvez até um companheiro. Muito, principalmente aqueles que já passaram por algum problema de saúde, estão preocupados se irão conseguir  lidar com o sistema de saúde em Israel, como encontrarão o médico certo e o tipo de tratamento  a que estão acostumados em seu país de origem. Normalmente, o Ole neste grupo está interessado em entender mais sobre a estrutura tributária em Israel e a melhor maneira de transferir seus ativos financeiros. Para aqueles que não vão precisar procurar trabalho, podem estar interessados em atividades de voluntariado ou de como oferecer seus serviços de acordo com suas experiências de vida.

 

O que esperar: Vale a pena pensar seriamente. O que um Ole maduro deve esperar realmente quando chegar? De um lado, a habilidade linguística escassa irá ser uma desvantagem em diversas situações, especialmente no mercado de trabalho. Devido a falta de contatos profissionais, pode-se sentir que não está conectado no mercado como estava antes. Para agravar esta situação pesa o fato da idade. A falta de conhecimento a respeito de “como as coisas são feitas” em Israel pode ser muito inquietante na falta de familiaridade com o ambiente e a cultura. Não é incomum acreditar que o Ole sempre será visto com um imigrante com sotaque ruim, e não realmente parte integrada da sociedade israelense.

 

Mercado de Trabalho Árduo:  O cenário de emprego para o Ole maduro é difícil. Esteja preparado não só para questão da idade. Encontrar emprego na sua área de especialização pode levar um longo tempo, e deve exigir concessões de sua parte ou pode não acontecer. Nesta altura da vida é pouco provável que o Ole construirá uma carreira, mas o foco será o encontrar um emprego. Potenciais empregadores podem tentar tirar vantagem, os salários oferecidos serão menores que o previsto e os empregadores poderão não retornar a ligação. Aliado ao fato da falta de familiaridade com a rede de contatos profissionais entende-se como nível de frustração pode ser alto. Não é incomum o Ole ter que trabalhar em dois lugares para complementar o orçamento.

 

Estratégias: Em primeiro lugar, a necessidade de ter expectativas moderadas e realistas é essencial quando você muda para Israel nesta fase da vida. Tão maravilhosa e gratificante a vida é em Israel quanto os desafios que exigem confiança, cabeça aberta e vontade de se adaptar às novas condições de vida. Flexibilidade é o nome do jogo. Enquanto alguns vão conseguir encontrar trabalho na sua área de trabalho, a reinvenção de si mesmo é requerida de grande parte dos Olim deste grupo. Apesar de tudo, a verdade é que cada um pode fazer sua contribuição pois Israel precisa de cada um de nós.

 

Do ponto de vista prático não faria sentido trazer o trabalho do país de origem. Telecommuting, ou trabalho remoto, tem se tornado comum tanto quanto os serviços de consultoria. Viagens de volta ao trabalho podem ficar mais difíceis nesta fase da vida, mas podem ser necessárias para alguns. Outros vieram com o desejo de começar algo novo e isto é fantástico. Afinal, Israel é a “Start-up Nation”.

 

Espere gastar tempo no início para montar sua rede de contatos profissionais. Isto é essencial para seu sucesso aqui. Há diversas maneiras de fazer isto em Israel, inclua uma combinação das seguintes: via internet, sites de emprego, sinagoga, organizações de apoio ao imigrante, anúncios nos jornais e revistas, eventos de networking, agências de emprego, conferência e seminários e na conversa com a família, amigos e vizinhos.

 

Vale a pena? Claro que sim. Vale a pena realizar seus sonhos? Quando as pessoas chegam nesta faixa etária tem desafios especiais para superar em especial na procura de emprego, que são acentuados quando muda-se para um novo país. A questão fundamental que um Ole maduro deve se perguntar é: “Estou preparado para separar? Eu posso separar da pessoa de quem eu sou internamente, na qual tem esperanças e sonhos a alcançar neste incrível passo na vida, da pessoa que tenho sido todos estes anos na diáspora? Eu sou flexível o suficiente e eu acredito em mim  para entrar em uma novo espaço que vai ser não familiar e constantemente desafiador” Para todo Ole as circunstâncias são únicas, e não há um único modo de fazer isso. É claro que você tem que planejar e formular uma solução que funcione para você. As recompensas serão numerosas e o Beit Brasil estará para ajudar da melhor maneira possível.

 

A Os Desafios enfrentados pelo Ole Maduro